COLÉGIO NOSSA SENHORA DAS GRAÇAS
Educar e Vencer
MADRES

Madre Savina Petrilli


1ª Superiora Geral - Nacionalidade: Italiana

Em 1872, com 21 anos faz seus primeiros votos e no ano seuinte com 22 anos funda a Congregação das Irmãs dos Pobres de Santa Catarina de Sena, no dia 07 de dezembro de 1873, juntamente com mais três jovens, que formam com ela um só coração e uma só alma no serviço aos mais necessitados. Atualmente a Congregação se faz presente na Itália, Brasil, Argentina, Alemanha, Índia, Filipinas e Equador. Madre Savina foi Superiora Geral da Congregação desde a fundação até seus 72 anos quando conclui sua missão na terra e volta ao Céu, no dia 18 de abril de 1923. Por sua virtuosa vida sempre doada aos mais humildes e pobres foi beatificada pelo Papa João Paulo II, no dia 24 de abril de 1988, na Basílica de S. Pedro em Roma.


Madre Ana Virgínia


Madre Ana Virgínia - Nacionalidade: Italiana

Foi a segunda Superiora Geral (Madre) da Congregação das Irmãs dos Pobres de Santa Catarina de Sena. Sua eleição foi no dia 30 de outubro de 1923, no terceiro Capítulo Geral e durante 12 anos acolhe a herança carismática de Madre Savina e fez frutificar para o Reino de Deus. "Alma eleita, amável na expressão das atitudes e do modo de fazer-se próxima a compadecida de todos os necessitados, a quem doou com largueza de amor, conselho e ajuda".

Durante o seu governo aconteceu:

  • O retorno do corpo de Madre Savina para Igreja da Visitação (Igreja da Casa Mãe) no dia 20 de abril de 1925;
  • A edição do Diretório da Congregação e "Voz Materna" (livro com frases de Madre Savina que deve ser escutada todos os dias).

Madre Ester


Madre Ester - Nacionalidade: Italiana

Foi missionária no Brasil por 30 anos e eleita Madre no dia 07 de novembro de 1935 pelo quarto Capítulo Geral e ficou a frente da Congregação durante 12 anos. Ao recordar Me. Ester, parece justo chamá-la "a Boa Mãe".

Pelo amor aos jovens criou uma Escola Apostólica que foi o um canteiro de muitas e boas vocações. com o olhar projetado no futuro sentia urgência em proporcionar às Irmãs jovens uma formação cultura e profissional. A 2ª Guerra Mundial foi causa de muito sofrimento e obstáculo a muitos de seus projetos.


Madre Ana Martini


Madre Ana Martini - Nacionalidade: Italiana

Foi Eleita Madre Geral no dia 23 de julho de 1947 pelo quinto Capítulo Geral e exerceu o governo da Congregação durante 12 anos.

Madre Anna era uma mulher dota de muitos dons da natureza e da Graça Divina; inteligente, culta, fortemente empenhada no caminho espiritual. Após o isolamente provocado pela última Guerra Mundial empenhou-se:

  • Em tornar próxima a presença da Madre novamente, das Comunidades distantes, especialmente as da América Latina (foi a primeira Madre da Congregação a visitar todas as casas - comunidades religiosas);
  • Na criação do calendário Mariano em 1954;
  • Na criação da Folha Notícia de informações para toda a Congregação.

Madre Giovana Fois


Madre Giovana Fois - Nacionalidade: Italiana

Após os anos que passou como Provincial no Brasil (por ela tão amado) foi eleita Madre Geral no dia 05 de agosto de 1958 pelo sétimo Capítulo Geral. Sua missão a frente da Congregação durou 12 anos. Este período não foi muito simples, aconteceu o Concílio Ecumênico, onde sucedeu muitas mudanças na Igreja. No término do Concílio foi realizado um Capítulo Especial devido o novo caminho que a Igreja tomara à luz dos documentos do Concílio Vaticano II.

Num olhar fixo no futuro, também, sentiu a urgência de dar às jovens Irmãs uma formação cultural e profissional.

Madre Giovanna caracterizava-se como uma Madre simples, disponível, íntegra e generosa. Por essa generosidade ao Espírito de Deus, abriu as portas da Congregação ao mundo asiático aceitando as primeiras jovens indianas.


Madre Agostina Bonemei


Madre Agostina Bonemei - Nacionalidade: Italiana - 6ª Madre Geral

Madre Agostina foi eleita no dia 05 de agosto de 1971, no décimo Capítulo Geral e permaneceu nessa missão por 19 anos. Ela foi a 3ª Madre Geral que, após sua eleição deixou o Brasil depois de seis anos como Provincial da Província Sagrado Coração de Jesus.

Mostrou-se uma mulher inteligente e culta, de oração e reflexão, prudente, reta e fiel ao carisma e a Família Religiosa em todas as suas dimensões. Empenhou-se:

  • pela Formação Permanente das Irmãs;
  • pela abertura missionária em 4 países;
  • pela atualização da Regra de Vida com aprovação definitiva pela Santa Sé e tradução nas diversas línguas da Congregação.

Madre Fortes


Madre Fortes

É a primeira Madre brasileira e ex-aluna do Colégio Sagrado Coração de Jesus (Teresina - PI). No dia da Mulher - 08/03/1990, no décimo terceiro Capítulo Geral, foi eleita uma Madre Nova em todos os sentidos, como disse o Papa João Paulo II quando a ele foi apresentada: "é deveras 'nova'. Nova porque é a 1ª Superiora Geral não italiana; nova pelo seu brilhante otimismo; nova por sua criatividade e nova por sua esplêndia jovialidade."

Em seu governo deu-se:

  • a abertura missionária ao Equador e com isso maior alargamento missionário no âmbito da América Latina;
  • um maior conhecimento e aprofundamento da palavra de Deus através da Lectio Divina pessoal e comunitária;
  • tradução do livro "Savina Petrilli como pão partido" dentre outros.

E ainda, empenhou-se em disponibilizar formação humana e Saviniana às Irmãs; realizou Assembléias Intercapitulares e com sabedoria empenha-se na Animação Vocacional.


Madre Liliana del Carmem Quesada


Madre Liliana del Carmem Quesada

Eleita em Roma, no dia 12 de outubro de 2015, Madre Liliana é natural da Argentina, onde nasceu no dia 02 de novembro de 1958. É a quinta filha de seis irmãos. Ainda jovem sentiu o chamado de Deus em sua vida, convidando-a a servi-Lo mais de perto. Cursou os estudos no Colégio Nuestra Señora del Huerto e graduou-se em Medicina. Logo após ingressou na Família Saviniana com o grande desejo de amar e servir a Deus, a exemplo da Beata Savina, no irmão mais vulnerabilizado.


Ir para o topo
Educacional
Social

CONGREGAÇÃO DAS IRMÃS DOS POBRES DE SANTA CATARINA DE SENA

Colégio Sagrado Coração de Jesus (PI)
Colégio Santa Catarina de Sena (PA)
Colégio Nossa Senhora das Graças (PI)
Colégio Nossa Senhora do Ó (PA)
Colégio Nossa Senhora da Conceição (PB)
Colégio Santa Catarina (PE)
Colégio Savina Petrilli (PE)
Colégio de São José (AL)
Escola Santa Teresinha (CE)
Escola Ir. Maria Catarina Levrini (PI)
Escola Santa Inês (PI)
Centro Educacional Menino Jesus (PI)
Centro Educacional Ir. Abelinda Ducci (PI)
Centro Educacional Madre Savina (PI)
Instituto Madre Savina (BA)

Cultura e Espiritualidade

Centro de Formação Memorare (PI)
Centro de Cultura Santa Catarina (PI)
Emaús (PI)
Centro Social Dom Avelar (PI)
Centro de Apoio ao Idoso Santa Catarina de Sena (PI)
Lar da Providência Carneiro da Cunha (PB)
Lar Nossa Senhora de Fátima (CE)
Casa Maria Menina (PI)
Casa Savina Petrilli (PI)
Programa de Atenção Básica à Família - PABF
Programa de Apoio à Criança e Assistência à Família
© ANBEAS - Colégio Nossa Senhora das Graças - Todos os direitos reservados Praça Santo Antônio, 802 - Centro - Parnaíba-PI - Fone: (86) 3322-2750